[Free Post] Penitência do Arcanjo

    Compartilhe
    avatar
    ~Cartola
    ADM
    ADM

    Localização : Maracanã

    Status
    Nome: Syn
    Nick Oficial: Youma de Mephistofeles
    Nick Secundário: --

    [Free Post] Penitência do Arcanjo

    Mensagem por ~Cartola em Qui Nov 07, 2013 11:13 am

    Penitência do Arcanjo
    Leia com atenção!
    Este é o primeiro free post do fórum. Não tem caráter ON, tampouco adere as regras impostas nas batalhas do Prólogo Divino, sendo totalmente de cunho narrativo. Espero que deixem o preconceito perante este modo de lado, uma vez que precisamos movimentar o fórum.


    Epílogo

    O mundo aderiu a paz. Hades havia sido derrotado e, apesar das sequelas em cada corpo vencedor, a sensação de segurança parecia ter emergido em meio a destruição. Em pouco tempo, o Santuário outrora em ruínas, agora erguia uma nova era. As paredes contariam histórias e mitos através dos tempos. Tudo se estabelecia de forma homogênea.

    Será? Os Deuses do Panteão Olímpico se opuseram no caminho da Deusa Atena por diversas vezes, e cai entre nós, não iriam desistir sem ao menos destruir parte do que rege a concepção divina da Deusa: A Terra. Foi assim com Éris, Abel, Poseidon, Lúcifer, Hades, Odin... Se por acaso eu deixei algum passar, é por que com certeza foi apagado da história.

    Mas não há história completa sem um ponto final. E este ponto final, personificado na figura da bela Deusa da Lua, Ártemis. Protegida por seus três arcanjos, é enviada por seus superiores a Terra, a fim de ter o mesmo destino dos antecedentes? Não. Havia algo de maligno por detrás daqueles olhos límpidos e seus belos cabelos loiros. A destruição seguiria de forma maciça, sem pestanejar. Estamos diante de Arcanjos, Deuses. Da morte?

    Regras Gerais:
    1) Esse é um free post, ou seja, todos podem postar independente do cargo ou armadura em On game.
    2) Cunho narrativo. Cada jogador que resolver jogar poderá escolher de um a mil (:3) personagens para narrar.
    3) Não há narrador, uma vez que a história se desenrola por nós mesmos, players. Assim, obtemos um maior controle (Claro, com o mínimo de organização e seguindo o enredo.)
    4) Não há vencedor, estamos tentando nos divertindo, independente do resultado do free.
    5) Pode parecer uma suruba, mas se fizermos de uma forma organizada e seguindo o enredo (Todos aqui são capazes de fazer isso sem sobrepor as ideias dos outros), podemos ter uma boa aventura.
    6) POR FAVOR! Participem. É foda entrar num fórum onde as vezes temos 10 players online que não querem fazer nada. Ou vão ver pornô, ou jogar rpg. Independente do seu nível, isso aqui é um OFF e precisamos movimentar ainda que devagarinho.
    7) Não precisam reservar personagens. Abaixo desse spoiler, estará a lista de personagens. É só pegar e começar a narrar. Uma vez narrando X, você deverá narrar com X até o final da trama.
    7.1) É permitido a troca de personagens entre os players, em caso de aceitação de ambos.

    Personagens Disponíveis:
    - Tohma de Ícaro (Synyster)
    - Odisseu (Ermac)
    - Teseu (Hikari)
    - Mú de Áries
    - Aldebaran de Touro
    - Saga de Gêmeos  (Zetto)
    - Kanon de Gêmeos
    - Máscara da Morte (Kagaho)
    - Aiolia de Leão
    - Shaka de Virgem
    - Dohko de Libra
    - Milo de Escorpião (Ermac)
    - Aiolos de Sagitário (Hidalgo)
    - Shura de Capricórnio (Akarkos)
    - Camus de Aquário
    - Afrodite de Peixes (Synyster)
    - Seiya de Pégaso (Hyuga)
    - Shiryu de Dragão (Arthas)
    - Hyoga de Cisne
    - Shun de Andrômeda
    - Ikki de Fênix (Shin)
    - Jabu de Unicórnio
    - Ichi de Hidra
    - Shina

    Lembrando que, não é necessário a ocupação de todos esses personagens. Quem pegar um personagem, já posta e tals. Só peço que os três anjos sejam ocupados para que tenhamos enredo Neutral

    Não é necessário fazer reserva de personagens! Mandem MP para a minha pessoa com sua escolha e atualizarei a lista! (:



    Thanks Tess.


    Última edição por MOD Synyster de Kraken em Seg Nov 11, 2013 5:05 pm, editado 16 vez(es)
    avatar
    ~Cartola
    ADM
    ADM

    Localização : Maracanã

    Status
    Nome: Syn
    Nick Oficial: Youma de Mephistofeles
    Nick Secundário: --

    Re: [Free Post] Penitência do Arcanjo

    Mensagem por ~Cartola em Qui Nov 07, 2013 1:34 pm


    Epílogo

    Punição Divina?




    .


    Monstro, robô, escravo, ser maldito - pouco importa o termo utilizado para transmitir a imagem da nossa condição desumanizada. Nunca a condição da humanidade no seu conjunto foi tão ignóbil como hoje.

    Estamos todos ligados uns aos outros por uma ignominiosa relação de senhor e servo; todos presos no mesmo círculo vicioso entre julgar e ser julgado; todos empenhados em destruir-nos mutuamente quando não conseguimos impor a nossa vontade. Em vez de sentirmos respeito, tolerância, bondade e consideração, para já não falar em amor, uns pelos outros, olhamo-nos com medo, suspeita, ódio, inveja, rivalidade e malevolência. O nosso mundo assenta na falsidade. Seja qual for a direção em que nos aventuremos, a esfera de atividade humana em que nos embrenhemos, não encontramos senão enganos, fraudes, dissimulação e hipocrisia. O ser humano é desprezível.




    "Ícaro..."

    O semblante daquele homem seguiu inalterável. Seus olhos fixos a um ponto qualquer no solo, posicionado de forma a reverenciar aquela voz que volta e meia sussurrava palavras sem uma boa dicção. A dona daquele vocal agudo rompeu a marcha dos céus, planando alguns segundos antes de aterrissar, levemente, sem maiores interrupções.



    - Mais uma vez, o afronte contra os Deuses. O Panteão Olímpico está mergulhado em devaneios. Não podemos permitir tamanha heresia sem que os humanos paguem por cada pronunciamento errôneo. Destrua tudo! -

    Mais uma vez, nenhuma alteração naquele homem. Apenas escutou cada palavra, tentando adaptar a sua concepção. Os olhos piscaram tão rapidamente que nem ao menos consegui detalhar para você, caro leitor. Inabalável.

    Desdobrou a coluna e os joelhos, pondo-se novamente de pé. O olhar passeou brevemente pelos rochedos, novamente se focando na silhueta daquela besta bela e faminta, que parecia exalar e ingerir sangue. Tudo proveniente dele o remetia à malevolência, a uma quase lascívia; enxergou em sua mente o objetivo. Destruir.




    - [...]

    Dos céus, o relâmpago quase divino. Os micro-feixes de luz brotaram daquele celestial já dormente, engolindo a noite, se transformando, pois, numa derradeira amálgama de luz a ribombar pelos ares em forma de cosmo. Seu destino? O Santuário.

    O tempo transcorreu. Aterrissou.



    template by ree! from Ops!

    avatar
    ~Cartola
    ADM
    ADM

    Localização : Maracanã

    Status
    Nome: Syn
    Nick Oficial: Youma de Mephistofeles
    Nick Secundário: --

    Re: [Free Post] Penitência do Arcanjo

    Mensagem por ~Cartola em Sex Nov 08, 2013 11:35 am


    Uma Nova Ameaça

    Bestas Celestiais



    O céu havia enegrecido. Surpreendente para esta hora da manhã e talvez irônico pelo fato de sentir a expansão gradativa de um cosmo nunca sentido. Franziu o cenho, em uma expressão severa. A cosmo energia do dourado era opressora, mais do que a do próprio ser que ousara colocar os pés em linhas inimigas.



    - Mas o quê...

    Balbuciou. Poderia sentir o cosmo dos soldados rasos de Atena avançando sem pestanejar. Tombavam, um a um. Sentiu-se impotente por alguns instantes. Mas, ainda que lamentasse a perda, tinha total consciência de que, onde quer que estivessem, aqueles soldados estariam sorrindo. Haviam confiado a eles a missão de resgatar Atena das presas lacerantes da morte.

    O momento de lutar havia chegado. Jamais haveria de apagar das páginas da história o que fizera de vil outrora, mas, se houvesse um modo de compensar, ainda que minimamente, tudo que haviam feito, este modo seria lutando! Quase pôde sentir o fardo, pequenino, a repousar em seus braços, exatamente como vira ocorrer naquela fatídica noite em que salvou Atena.




    - O cosmo sentido outrora provém da casa de Áries. Os outros Dourados provavelmente já sentiram esta manifestação e se dirigirão para a primeira casa Zodiacal em breve. Devo atentar-me a cada detalhe. -

    Pouco titubeou. Bradou alguns dizeres antes de romper marcha. Os primeiros degraus decresciam enquanto sua mente, absorta em devaneios, imaginava o pior. Na verdade, simplesmente não sabia como concatenar as idéias, como pô-las em ordem em um momento crítico como aquele.

    Os cosmos de todos aqueles que passavam nas imediações haviam desaparecido sem razão aparente. Algo precisava ser feito.




    template by ree! from Ops!



    Última edição por MOD Synyster de Kraken em Sab Nov 09, 2013 5:24 pm, editado 2 vez(es)

    Convidado
    Convidado

    Re: [Free Post] Penitência do Arcanjo

    Mensagem por Convidado em Sex Nov 08, 2013 5:32 pm





    Do salão se podia ter uma vasta visão do Céu e de todo o santuário, que a esta altura escurecia tanto quanto o crepúsculo, isso era algo mais do que estranho para o horário. Junto da escuridão, uma sensação estranha afligia aquele que comandava todo o terreno protegido por Athena, o comandante dos 88 cavaleiros, sendo também um dos mais poderosos. Era notável a presença de inúmeros soldados se dissipando em toda a extensão do santuário, algo estava acontecendo, e isso era algo realmente ruim.

    A cabeça do cavaleiro se divida, hora se desesperava pensando em maneiras de como agir a essa situação, poupando assim vidas e salvando feridos; hora pensava em se sentar na poltrona e deixar seus servos cuidarem disso, afinal, ele comanda, não precisa se importar com meros sacrifícios que são aqueles seres abaixo dele.

    Estava também preocupado com o cavaleiro de Capricórnio, aquele que era, teoricamente, o mais fiel a Athena, que dentro dos planos do comandante, seria morta para que o próprio assumisse o controle da Terra. Shura, o Capricórnio, era um dos inimigos pessoais que a mente doentia deste comandante, que era Saga de Gêmeos, havia criado.
    Sentiu um cosmo aterrador pousar na casa de Áries, o inimigo havia chegado, então. Preferiu deixar a questão com Shura para outra hora, problemas maiores haviam chegado ao seu território, e como bom mestre, deveria se livrar daquilo que poderia, mesmo que um pouco, lhe ameaçar mais do que o restante de vermes ao seu comando.



    Seus olhos vermelhos brilharam por baixo de sua máscara vermelha, e a armadura de Gêmeos, a dezenas de metros dali, repousando na segunda casa zodiacal, se separou com um intenso brilho dourado, tomando a forma humana, como se cobrisse o corpo de seu protetor. Saga estava controlando sua armadura a distância, entrando assim em um estado de meditação, para que pudesse controla-la de forma perfeita, utilizando seus poderes e afins.

    A armadura, que criava a ilusão de vestir um cavaleiro, caminhou de forma eximia para o fim da casa de Gêmeos, fixando-se na entrada da mesma e direcionando seu “olhar” para a casa de Áries. Saga não podia controlar sua armadura fora de sua casa, então a manteve ali para ludibriar tanto os inimigos quanto os aliados, que não sabiam a real identidade do Grande Mestre, que sempre se escondia atrás da máscara vermelha que utilizava.



    - Hihihihehehahaha.

    A partir da armadura, o cosmo de Saga se intensificou, demonstrando a localização do mesmo para todos do santuário. Era realmente um cosmo assustador, digno dos mais poderosos cavaleiros da história, como era conhecido. A vazia armadura de gêmeos emanava uma aura dourada intensa enquanto as forças do mal já se moviam contra o santuário. Apenas a desgraça se revelaria naquele dia.

    avatar
    ADM Áktino de Lymnades
    G. Marine
    G. Marine

    Localização : Deserto da Cidade Perdida

    Re: [Free Post] Penitência do Arcanjo

    Mensagem por ADM Áktino de Lymnades em Sex Nov 08, 2013 7:11 pm





    Foram muitas as guerras que o mundo presenciou. Sucessivas batalhas consolidaram o reino de Athena, e todos aqueles bravos guerreiros que lutaram e sucumbiram tiveram sua recompensa. A paz - o maior objetivo de todas as guerras -  podia ser vislumbrada no horizonte próximo. Esse foi o pensamento que parecia se abater sobre os cavaleiros que superaram até mesmo o deuses. Mas ao mesmo tempo, no fundo de suas mentes, sabiam que o dever de um cavaleiro somente tem fim quando sua vida se esgota, e eu não ousaria deixar meu espírito enfraquecer-se mediante  uma miragem de paz.

    Todas as cicatrizes esculpidas no campo de batalha não me cansavam, mas mantinham viva a memória que Athena estaria ao lado da humanidade quantas vezes fosse necessário, ferindo seu corpo e seu espírito, sem se importar e sem olhar para trás. A imortal que abandonou qualquer segurança pelos homens era a fonte que alimenta o espírito incansável dos cavaleiros, e a cada vez que ela se re-erguesse nós estaríamos ao seu lado, como soldados fies e inabaláveis.

    Por isso, às proximidades da cachoeira de Rozan, eu treinava incansavelmente. Era uma lição antiga que nós aprendemos: não há limite para o cosmo! Eu não questionava isso, não queria encontrar um limite, apenas perseguia assiduamente o fluxo infinito de poder.

    E conferindo razão ao meu gesto,  uma nova ameaça estaria pronta à despertar, e seu caminho foi traçado como uma estrela candente que rasga o céu noturno. As mesmas estrelas que escondem o destino do mundo, indicavam a direção para onde eu deveria concentrar minha atenção, e eu não podia ler aquele sinal confuso apenas com os olhos.

    Sentei-me à beira do penhasco, com as águas respingando em meu corpo. Meu cosmo se elevara mais um vez, não para destruir, mas para encontrar o sentido do presságio. O ar se desloca ao meu redor, faz a água da cachoeira de Rozan vibrar, e eu mergulhei em uma profunda meditação. Então, no ponto oste, onde fica o Santuário, a nova ameaça parecia se fazer presente. Um cosmo imenso e hostil, que não procurava se esconder, mas ressoava como um grito de guerra. Havia um, apenas um guerreiro, mas seu poder era como o de um exército.

    A meditação encerrara. Era chegado o momento de despertar novamente e ecoar os brados de da nova batalha. Olhei para as águas com atenção e repeti os mesmos movimentos que me sagraram anos atrás:



    - Cólera do Dragão!


    O punho arrebatou a corrente de água, que fluiu ao contrário com o impacto imensurável. Lá estava ela, com seu brilho resplandescente. Contemplá-la era nostálgico, mas também alarmante.




    Ressoando meu cosmo, faço com que a armadura de Dragão lance suas partes pelo ar e venha em minha direção, armar meu corpo para combater novamente por Athena.

    O mais rápido que posso, me desloco para o Santuário, na certeza que qualquer ameaça que fosse, encontraria os batalhões de Athena à sua espera.

    avatar
    Ermac de Wyvern
    Aspirant
    Aspirant

    Localização : RS

    Re: [Free Post] Penitência do Arcanjo

    Mensagem por Ermac de Wyvern em Sex Nov 08, 2013 11:00 pm

    Fins e reinícios, caminhos percorridos e sonhos despedaçados, almas derrotadas e esperanças renovadas, terras abaladas e mentes ainda a persistirem em erros passados e básicos, a consciência humana ao longo do tempo parece nunca evoluir, algo deveria ser feito, e assim a vontade divina se fez.


    - Antes acreditava-se no nobre e amoroso coração das pessoas da terra, acreditava-se que minha irmã poderia realmente estar certa. Mas a guerra passou outra vez, os defensores dos reinos parecem sempre serem ignorados por uma massa descrente e sem fé, que desconfiam e pouco dão valor ao que realmente deveriam buscar crer.. Amarem-se uns aos outros, ajudar seus irmãos e rezarem aos deuses, mesmo, uma lembrança ou crença pequena, bastava para contribuir a se possuir uma humanidade digna de ser respeitada com chance de evoluir mais.


    A Deusa da Lua entre pensamentos e reflexões, já não obstante a oportunidade anterior, retorna a sua firmeza de ação, o passado agora serve como prova de seu pensar, os outros deuses concordam a respeito da situação presente da vida humana.



    - Vá com os outros Odisseu, e acabe com todos que desafiem a minha vontade! O desejo da Deusa Artemis!


    Prontamente o anjo lunar que permaneceria em silêncio a escutar e trajando sua vestimenta peculiar de ser celeste, atente as ordens de sua deusa indo ao encontro de seus irmãos no que sobrou do Santuário de Atena, e lá chegando, pode sentir as energias cósmicas a se manifestar pelas redondezas, os adversários estariam a vir além do residente da primeira casa zodiacal.



    - Que a purificação desta terra contaminada comece!


    Diante a Casa de Áries uma figura estranha de vestimenta semi-divina expressava um poderoso brilho cósmico, como se a lua o abençoa-se com sua luz naquela noite, e repentinamente um feixe incandescente ilumina o local. A aura do anjo lunar Odisseu transborda em desejo e fúria.. Desejo este compartilhado com sua deusa, e fúria, pela raiva em seu peito de uma espécime não conseguir enxergar e desprezar o que havia de mais importante em suas mãos, jogando-a no chão e pisando em cima como se não fosse nada, vindo a conseguir fazer os deuses condenaram a sua raça, isso, certamente não haveria perdão aos olhos deste que possui como atual função, servir como carrasco da espécime humana.



    _____________________

    avatar
    Manigold de Câncer
    Gold Saint
    Gold Saint

    Localização : Quarta casa, Câncer - Santuário de Atena

    Status
    Nome: Hyuga Sexy
    Nick Oficial: Manigold de Câncer
    Nick Secundário:

    Re: [Free Post] Penitência do Arcanjo

    Mensagem por Manigold de Câncer em Sab Nov 09, 2013 12:14 am








    A Face da Morte  

    O Demônio Guardião da Quarta Casa



    Os tempos realmente estavam mudando, algo grande estava prestes a acontecer, mais uma vez os Deuses lutariam uns contra os outros medindo suas forças, atitude realmente estúpida aos olhos daquele que vestia a armadura de Ouro de Câncer e guardava a quarta casa no santuário de Athena.


    A Casa de Câncer, certamente a mais sombria dentre todas as doze casas do santuário, era lá onde residia aquele conhecido por seus atos impiedosos e sua vasta lista de assassinatos, seu nome ? Máscara da Morte.

    No interior daquele local era possível se ver uma densa neblina e sentir um intenso cheiro de morte,as paredes eram revestidas por cabeças, assim como o solo,certamente vítimas daquele impiedoso cavaleiro de ouro, dentre as cabeças muitas mulheres e crianças. Mas o que faria um homem tão desprezível como este ao lado da Deusa Athena ? Realmente era uma incógnita, afinal não era preciso ser provido de muita esperteza para perceber que aquele homem não dava a mínima para Athena e seus ideais.


    - Mas que cosmos são esses? – resmungou consigo ao sentir poderosos cosmos surgirem misteriosamente no santuário, obviamente se tratava de inimigos, porém aos olhos daquele que vestia a armadura de Câncer eram só mais  cabeças para sua coleção.

    - Máscara da Morte  -
    credits @


    Última edição por ADM Kagaho de Benu em Sab Nov 09, 2013 1:23 am, editado 2 vez(es)


    _____________________


    It's too bad? Im too good!

    avatar
    Wait de Altar
    Silver Saint
    Silver Saint

    Localização : Santuário

    Re: [Free Post] Penitência do Arcanjo

    Mensagem por Wait de Altar em Sab Nov 09, 2013 12:50 am




    O Abalo do Santuário!


    Há anos, que a paz pairava no Santuário da deusa Atena, todos os cavaleiros mesmo assim, não tinham folga, sempre atentos para qualquer coisa. Mas algo estava para acontecer, o que será?
    Na décima casa zodiacal, a casa de Capricórnio, estava completamente sem graça, um tédio profundo, que trazia desconfortos ao seu guardião que passava a maior parte do tempo olhando para a estátua de Atena, entregando a espada sagrada ao guerreiro mais corajoso e fiel.  Sempre ao olhar para a mesma, a calmaria voltava ao coração de Shura, seus olhos se enchiam de orgulho, por ser um cavaleiro de ouro, e por ser o mais fiel á Atena.
    O céu parecia que aos poucos, escurecia, dando sinal de que logo cairá chuva. Mas que movimentação é essa? Na casa de Áries, eis que cosmos estranhos dirigiam-se para a mesma, possivelmente um invasor. Tamanho cosmo não era de qualquer ser, as dúvidas surgiam na mente do guerreiro, preocupações, nas casas zodiacais, os cavaleiros presentes pareciam sentir a mesma “sensação”.
    - Um inimigo?


    Murmurava Shura com um semblante de preocupação, que agora se dirigia para entrada da casa de Capricórnio, e apenas focado na movimentação estranha, que ocorrerá no Santuário.
    - Hum... Ninguém chegará até este recinto, como se fosse uma novidade. Bom, aguardarei aqui então.



    Logo cruzava seus braços e fechava seus olhos, se encostando na parede.



    template @


    _____________________

    Honra ao Mérito:
    Cav de bronze: Akarkos de Lionet.


    Re: [Free Post] Penitência do Arcanjo

    Mensagem por ADM All de Balron em Sab Nov 09, 2013 2:36 pm


    > O Escravo dos Céus <


    A penitência do arcanjo...


    Toda a vitória traz consigo suas recompensas. Um guerreiro só arrisca a própria vida porque tem o objetivo de chegar até algum lugar, do contrário nunca o faria. O instinto de sobrevivência do ser terreno só não é maior do que seu ego, egoísmo e ambição – as três forças que movem a sociedade da forma que ela é hoje e sempre será. Compete aos deuses e somente a eles equilibrar a humanidade, tornando-os mais controlados demonstrando que ganhar também tem seus preços e que os lucros nem sempre valem a pena. Este é o maior fardo divino...

    ”Faço tudo por você, querida deusa...” Ouvira os pedidos divinos sem pestanejar, proporcionando uma rápida resposta à divindade que estava perante sua presença. Suas madeixas loiras caíram em sua testa franzida enquanto se ajoelhava, demonstrando que estava pronto para qualquer outro tipo de ordem e desejo futuro. ”É só isso, senhora?” Então cessou o bradar imponente, permanecendo calado por não mais que um instante, já que a resposta viria de forma rápida e inesperada.



    ”Minha vontade se resume a destruição daqueles seres inferiores, Teseu, somente a isto. O Olimpo não pode mais suportar afrontas como estas, as vitórias destes humanos estão começando a irritar até mesmo a Zeus. É uma pena que tenhamos de chegar a este ponto, porém minha irmã já passara de qualquer limite possível e isto não pode mais continuar desta forma.” Aparentemente a divindade estava aflita. Sua mente parecia não querer acreditar naquela decisão que havia tomado, talvez por ainda manter uma espécie de sentimento pelo sangue do seu sangue. Seu olhar inquieto parou repentinamente, fitando o nada até começar uma caminhada vagarosa em direção ao espaço vazio do horizonte. A mensagem já havia sido passada; a ordem já estava dada.

    ”Entendido.” Mesmo após aquela figura feminina ter saído do local, respondera de forma leal e respeitosa seus últimos dizeres.  Removendo o joelho de forma abrupta do chão, levantou-se de forma imponente e partiu por meio de asas angelicais rumo ao santuário. A chegada até a primeira das doze casas não demoraria muito...





    avatar
    ~Cartola
    ADM
    ADM

    Localização : Maracanã

    Status
    Nome: Syn
    Nick Oficial: Youma de Mephistofeles
    Nick Secundário: --

    Re: [Free Post] Penitência do Arcanjo

    Mensagem por ~Cartola em Sab Nov 09, 2013 5:15 pm

                 

    O tempo transcorreu. Aterrissou.



    Talvez esperasse um maior reboliço. Havia adentrado as imediações do Santuário e aparentemente não fora recebido como gostaria. Claro, exceção feita a meia dúzia de soldados rasos que mal tiveram tempo de bradar algum canto imperial. Foram sumariamente deflagrados por explosões ou decepados por brutais cortes de mão nua. Até mesmo as intempéries naturais do local pareceram se afrouxar ante o poder do até então invasor, e o nevoeiro se abriu por alguns segundos.




    - Atena, você foi julgada pelo crime de traição Divina... Hmpf. -

    Sussurrou em tom inerente enquanto o céu era rasgado em duas fendas. Dali, planavam os seres místicos outrora remanescentes em histórias gregas. Pareciam alinhar-se ao algoz dos soldados. Nem mesmo uma troca de olhares fora presenciada, e mesmo se ocorresse, seria ignorada.

    O cenário perfeito para o início do holocausto – assim julgou o demônio cujos olhos ardiam em chamas negras. Jamais em vida as terras de Atena conheceram invasão tão impetuosa. Era de se esperar a destruição em massa, personificada na forma de roubos, tortura, assassinato em praça pública. Não obstante, aquele trio era capaz de exterminar a raça humana se fosse preciso. Motivos não faltavam, quiçá vontade.




    - Dentro de alguns instantes, os Cavaleiros de Atena estarão nessas imediações. Portanto, espalhem-se pelas doze casas Zodiacais. Agora. -

    A imposição veio em ascendente. A voz, grave por natureza, rompeu o silêncio após a explosão repleta de sadismo, de escárnio... de maldade! A poeira baixou vagarosamente, se assentando sob o solo desigual. Em pé, os três protagonistas daquele embate – que mudaria para sempre o destino do Santuário dos homens – permaneciam rijos, fincados sob o solo pedregoso. A besta de cabelos alaranjados havia virado o jogo; havia, enfim, tomado para si o domínio daquele local.

    Alguém estava próximo.



    avatar
    Ijjy
    Aspirant
    Aspirant

    Localização : Santuário

    Re: [Free Post] Penitência do Arcanjo

    Mensagem por Ijjy em Sab Nov 09, 2013 9:06 pm



    A História segue um novo Rumo

    Nada flui às margens do infinito, nem a vida, nem a paz.
    Somente a discórdia é capaz de confrontar esta barreira. Com um caminho cruel que persegue desde outrora até o fim dos tempos. Onde nesta estrada, seres onipotentes aderiam à embates de forças imensuráveis, lançando seus fiéis ao abismo da perdição. E que por mais horrenda que fosse a queda, os humanos sempre alcançavam o divino, em prol da justiça e de Atena.

    Todavia, incerto é o destino do tempo[...]

    Enquanto descia as escadas, em sua mente, as lembranças de paz tornaram ao esquecimento. O tintilar de sua armadura era ouvido junto aos primórdios de uma guerra como um eco. Sua figura, serena e andrógena, era capaz de esconder a fúria e o abalo pela a morte de companheiros, mas não o seu modo justo e determinado no olhar.

    Quando enfim chegou ao curso traçado, já os visava. Lá estavam eles, mais uns dos seres que auto se denominavam purificadores. A trindade do poder, capazes de alastrar a destruição por onde passam com um mero toque. Devotos à todo custo ao que seguem. Levianos indignos.  

    Cerrou o punho, mas por hora se manteve calado. Fitou o olhar no que exalava poder equivalente o de outrora. Foi ele...

    - O que quer que busquem , não encontrarão aqui...
    Com sua voz seca e rude, ressoou palavras para que voltassem a atenção a ele. Mais que um dever, sua obrigação era não permitir que desgraças como aquelas tornassem do mundo um caos. E as mortes de seus companheiros, não podia perdoá-los. Contudo, se recusava a perder o controle.

    - Mas caso ousem seguir adiante...



    ... Lhes aviso, que não os deixarei prosseguir!

    Sua asas se abriram, ruflou-as ao redor, e uma corrente de ar voraz e ameaçadora rasgaram o local.  

    [...] Pois neste momento, a história tinha um novo rumo à tomar.

    PensamentosFalaNarraçãoNão sei '-'


    Última edição por Giovanni de Minotauro em Sab Nov 09, 2013 11:37 pm, editado 1 vez(es)
    avatar
    ADM Áktino de Lymnades
    G. Marine
    G. Marine

    Localização : Deserto da Cidade Perdida

    Re: [Free Post] Penitência do Arcanjo

    Mensagem por ADM Áktino de Lymnades em Sab Nov 09, 2013 10:35 pm




    Dragão

    Os caminhos do Santuário estavam alarmantemente calmos. Uma vez que cosmos estranhos e hostis pudessem ser identificados, batalhões de soldados deveriam preencher aquelas trilhas pedregosas que conduziam ao saguão de entrada da casa de Áries; mas havia apenas o vazio, o silêncio e a neblina.

    Logo após um curva no rochedo baixo, em uma ágora de pedras planas, lá estava o mar de corpos destroçados. Os soldados destemidamente se lançaram contra o invasor, mas pelo estado de seus corpos, o ataque que se abateu foi de grande poder e violência. O sangue escorria entre as fendas na rocha e se acumulava em grandes poças nas partes mais baixas:



    "O que teria feito tamanho estrago?..."

    - Ei, você!


    Na direção em que a trilha seguida, um deles ainda tentava se mover. Com seu corpo completamente destruído, ele viu minha aproximação, mas não pediu por ajuda:

    - Lá, ele foi por aquela direção. - Disse com em agonia, tentando apontar para o caminho.

    - Sim, eu irei!

    Lhe respondi concordando com sua escolha difícil. Escolher a morte por omissão de socorro à deixar o inimigo avançar, esse era o gesto nobre de um soldado. Quem quer que fosse o responsável por aquilo, desde já era um inimigo o qual eu não perdoaria.

    Me desvencilhei das imagens da carnificina e segui em frente até a ver o saguão de Áries, com seu piso de largos mármores brancos formando um grande espaço plano, que antecedia à casa na base do caminho do zodíaco.

    Ao lado direito o relógio que servia de aviso aos cavaleiros. Nenhum soldado ainda havia chegado vivo até o lugar, mas eu cumpriria a tarefa. Com um único feixe de cosmo disparado da ponta do meu dedo, as chamas se acendem. Agora, todos nos arredores podem ter certeza de que os cavaleiros estarão em guerra nas próximas doze horas.



    Resta-me tomar meu posto na defesa. Eles estavam próximos, eu podia sentir. E eu tentaria evitar que profanassem o Santuário ainda mais. A fúria e o pesar pelos mortos ainda pairavam em minha mente, mas as incertezas se dissipavam junto com a neblina. Nesse momento, eu  interpelo as silhuetas dos estranhos:

    - Vocês, interrompam seus passos! Não devem profanar mais os domínios de Athena. Eu Shiryu de Dragão serei seu primeiro adversário, malditos.

    O ódio por aqueles oponentes era minha maior motivação e eu lutarei com todas as forças que puder reunir para aplacar esse ataque, sem pensar em quaisquer consequências colaterais.

    E no outro extremo do largo saguão assas douradas se expandiam. A flecha da justiça deslocara-se de seu posto para juntar-se à primeira fileira. Era sua característica mais admirada, e a mais problemática para a ordem das tropas. Antes mesmo que Áries pudesse caminhar em direção aos invasores, Aiolos surgia para colocar a si mesmo em risco e evitar que outros mais sucumbissem. No entanto, eu não iria recuar depois de ter traçado meu caminho.

    Apenas olho firmemente para o dourado e permito que ele contemple minha irredutibilidade. Deixo que a explosão do meu cosmo fale por si.





    Última edição por Áktino de Lymnades em Dom Nov 10, 2013 12:10 am, editado 5 vez(es)
    avatar
    Manigold de Câncer
    Gold Saint
    Gold Saint

    Localização : Quarta casa, Câncer - Santuário de Atena

    Status
    Nome: Hyuga Sexy
    Nick Oficial: Manigold de Câncer
    Nick Secundário:

    Re: [Free Post] Penitência do Arcanjo

    Mensagem por Manigold de Câncer em Sab Nov 09, 2013 11:31 pm








    A Face da Morte  

    O Demônio Guardião da Quarta Casa


    Se manteve ali  na quarta casa imóvel, pôde sentir que cosmos de cavaleiros se aproximavam da casa de Áries, onde estavam os possíveis invasores.


    “Fracos marchando em direção a morte... como são patéticos esses cavaleiros de Athena !” –refletia enquanto se punha em posição de meditação. Não pretendia abandonar aquele local e nem mesmo se unir aos demais “cavaleiros da esperança”.

    Tudo parecia caminhar na mais perfeita harmonia aos olhos de Máscara da Morte, duas forças divinas novamente se confrontariam, e se tudo ocorresse conforme esperava ambas morreriam nesta pífia guerra de egos entre duas divindades.


    - Parece que estão se movendo.... finalmente terei novas cabeças pra minha coleção..

    Elevou seu cosmo e através de sua telepatia transformou o interior da casa de câncer na colina do Yomotsu , claro que não passava de uma ilusão, uma terrível ilusão diga-se de passagem.

    - Máscara da Morte  -
    credits @


    Última edição por ADM Kagaho de Benu em Sab Nov 09, 2013 11:51 pm, editado 1 vez(es)


    _____________________


    It's too bad? Im too good!

    Re: [Free Post] Penitência do Arcanjo

    Mensagem por Shin em Sab Nov 09, 2013 11:42 pm


    Immortal Beloved by Future World Music on Grooveshark

    Duas semanas anteriores...



    -Será mesmo que tudo acabou?... Quem dera ser presenteado por esta desilusão...
    Em meados de um fim de era, o que se esperar? Estava frio, amargo, uma sensação desigual e inserta. Batalhas sangrentas estavam descritas no passado de sua história, até mesmo Deuses foram caídos graças a seus punhos, mas e agora? O que restara? Perguntas estanhas e movidas de um grau de complexidade caíam sobre si, era este o fim da ave imortal? Talvez nem mesmo o tempo sabia a resposta exata. Suas chamas não mais ascendiam como antes, por um momento achou estar morto, um sentimento errôneo se criava, seu ego pouco existia.

    Parado em beira mar, o horizonte era seu foco, inutilmente buscava algo, seus olhos focavam o infinito natural, naquele instante, se lembrou de alguns episódios, e nestes, todos constavam um novo rumo no dia seguinte, talvez não fosse o fim, mas sim o início de um novo tempo. A penumbra da noite era apresentada aos poucos, mostrando ao lendário que sua intuição projetada estava correta, nela, viu que o tempo em que ainda lhe restava era grande, tão grande quanto ao número de estrelas nos céus, eram muitas.
    avatar
    Wait de Altar
    Silver Saint
    Silver Saint

    Localização : Santuário

    Re: [Free Post] Penitência do Arcanjo

    Mensagem por Wait de Altar em Dom Nov 10, 2013 1:20 am




    Atração Pelo Combate!


    A bonança que “governava” o santuário acabou. De certa forma, era um meio de sair da chatice cotidiana, mas o orgulho vinha a rodear sua mente, o que poderia resultar em dúvidas.
    Ainda parado, Shura focalizava a todo o tempo á casa de Áries, onde cosmos consideravelmente fortes abalavam o local. Além disso, os guardiões das casas zodiacais parecem “mostrar as caras” para o inimigo.
    -Aiolos...
    Em um semblante preocupado, Shura murmurava e agora este se “erguia” e olhando para os degraus percebe-se que se ficar parado, sua “vez” de lutar nunca chegaria ou não?  
    -Aiolos... Você...


    Pensamentos que transitavam, a chama dos cosmo do dourado era acesa, um sorriso irônico era dado, o que realmente aconteceu? O mesmo parece estar sendo atraído para o combate, seu coração cada vez mais, batia intensamente (dentro dos limites), e a decisão exata era... Descer.
    A cada degrau que este pisava sua vontade de derrotar, acabar com os invasores podia ser vista apenas em sua face, uma sensação talvez, jamais sentida por ele. As intensidades dos cosmos aumentavam cada vez mais, um embate logo irá começar, os destinos serão traçados, qual a punição para afrontar um deus?  
    Mas que cosmo é esse? Um cosmo muito conhecido chamava a atenção de Shura, este parecia “esbugalhar” os olhos ao sentir aquela cosmo-energia familiar.
    -Não pode ser... É o Shiryu?


    O mesmo antes inspirado, agora corria rumo á primeira casa zodiacal, a luta só iria começar se este chagasse, segundo seus pensamentos. Assim, o mesmo passará pelas casas e as que estiverem ocupadas (4º casa em diante), o mesmo pedirá permissão para passar.


    Falas/Pensamentos/ NAR



    template @


    _____________________

    Honra ao Mérito:
    Cav de bronze: Akarkos de Lionet.


    avatar
    Ermac de Wyvern
    Aspirant
    Aspirant

    Localização : RS

    Re: [Free Post] Penitência do Arcanjo

    Mensagem por Ermac de Wyvern em Dom Nov 10, 2013 8:22 pm

    Um solo sagrado estava por se ver em desordem, a casa de muitos defensores se tornará em breve em seus túmulos, os céus darão a luz da decisão divina a se cominar por três fieis servos celestes da Deusa Artemis: Icaro, Odisseu e Teseu. Todos já apostos a realizar a vontade dos Deuses do Olimpo sobre a Terra e sua humanidade.

    Poucas palavras precisavam serem tidas entre os três anjos lunares, ambos já se conheciam a muitos anos e um único gesto e olhar, ou mesmo uma palavra, era o bastante para compartilharem o mesmo incentivo e vontade, o mesmo desejo diante a Deusa ao qual acreditam e por ela dariam suas vidas. Chegado o momento, e cada qual partiria rumo a adiantar o quanto antes o fim daquela meta inicial. Odisseu esbanjava  seu poderoso cosmo a retratar-se em poucos instantes uma figura semi-divina nos ares do Santuário de Atena sobrevoando a uma altura considerável e até segura ( 458m ) a Casa Zodiacal de Áries, Touro, Gêmeos, Câncer, Leão, Virgem, Libra e Escorpião, vindo a pousar frente a Casa Zodiacal de Peixes. No sutil toque de seus pés naquele solo central do santuário, pode sentir a energia ativa emanada pelos poderosos cosmos dos Cavaleiros de Ouro da irmã traidora dos Deuses do Olímpo, parecia inclusive já estar a ser esperado, mas ao Anjo Lunar nada o preocupava, só possui certezas quanto seu dever e poder, recolhendo assim suas maravilhosas asas celestiais ao dar os primeiros passos rumo à entrada da Casa de Peixes.




    - Ninguém ficará com vida neste Santuário! Venham a mim e a meus irmãos, pois em nossas mãos suas vidas de cavaleiros dependem agora!


    _____________________

    Re: [Free Post] Penitência do Arcanjo

    Mensagem por ADM All de Balron em Dom Nov 10, 2013 10:00 pm


    > Dúvidas <


    A penitência do arcanjo...

    O Sol, nosso astro rei, é somente mais uma estrela dentre as milhares outras que compõem nosso universo e iluminam todas as noites de luar; Athena é somente outra deusa dentre outras tantas criaturas divinas que possuem um poder tão grande ou até maior que ela; A raça humana é só mais uma dentre tantos seres que respiram, pensam e vivem dentro do planeta Terra; e Teseu é só mais um anjo dentre outros tantos que servem as vontades de Artemis de forma cega e totalmente fiel. O que, na realidade, faz alguém se achar superior ao outro? Tudo que existe é somente mais um ponto sozinho no espaço, nada mais que isso. Tudo é o mesmo, tudo é igual. Teseu sabe bem disto...

    ”Hmm...” Suspirou, olhando para o lado em sinal de reprovação, como se não quisesse ouvir o dito pelo seu “aliado”. Ao ver a trilha de corpos manchando o solo com uma tintura escarlate, seu estomago revirou-se por um tempo breve e sua mente começou a imaginar como Icaro havia feito tal massacre sem sequer receber um arranhão em sua pele ou veste. Não sabia se aquilo que estava fazendo ali era de vontade própria ou exclusivamente de vontade divina. Entrara em devaneios... ”Vamos.” Ainda com suas imponentes asas abertas, bradou não mais que um segundo antes de romper marcha rumo à alguma casa zodiacal que ainda estaria por escolher. Explosões cósmicas poderosas vinham de inúmeras direções diferentes, algo que não o preocupava, porém tornava toda aquela situação extremamente arriscada para a vida dos anjos ali presentes. Um holocausto estava próximo de acontecer e as paredes de mármore branco que por tanto tempo ficaram intocadas seriam testemunhas do poderio semi-divino.

    Um balançar de cabeça fora mais que o suficiente para ter a certeza de onde pousaria. Uma energia estranha provinha da casa de câncer, algo extremamente mórbido e poderoso ao mesmo tempo, chegando a lembrar até mesmo as terras submundanas por alguns instantes. Teseu conhecia muito bem a fama do cavaleiro que guardava aquele recinto, como também suas habilidades que, aparentemente, tinham forte conexão com o inferno. Que tipo de coisa um guerreiro tão brutal e tenebroso estaria fazendo guardando a entrada do templo da deusa da justiça? Como um cavaleiro de ouro – raça nobre de lutadores que tem como principal característica a bondade – poderia ser daquele jeito? Estava em dúvida e queria esclarecê-la naquele exato momento.

    ”Não adianta esconder-se por detrás de seu cosmo, humano! Tingirei minhas mãos de sangue esta noite. “ Aterrissou. Após três ou quatro passos, adentrou a casa de cabeça erguida, esperando alguma movimentação.





    avatar
    Ijjy
    Aspirant
    Aspirant

    Localização : Santuário

    Re: [Free Post] Penitência do Arcanjo

    Mensagem por Ijjy em Dom Nov 10, 2013 10:46 pm



    A História segue um novo Rumo

    Fronte à trindade, calou seus olhos e explodiu o cosmo que florescia em seu peito. Serrando o canho, clamando forças à Athena, para que mais uma vez, seu santo nome obtivesse a glória sobre mais essa batalha.


    Um cosmo irado pairou sob o ar mórbido que os cercavam. A força que emergiu do Cavaleiro de Dragão, tão alarmante que era, reluziu à dentro a casa de Áries. Aiolos saldaria o bravo soldado que lutaria a seu lado, porém, não seria a hora certa para cumprimentos e/ou cortesias.

    De mesmo modo, Aiolos elevou sua energia, e enquanto o fazia, viu-se um dos invasores erradicar sua força e em seguida lançar-se no ar. Foi-se embora sem nem se importar com o que os Cavaleiros haviam de ter dito. A fúria uma vez mais bradou Aiolos. E novamente fez o outro. Estavam o subestimando. Como ousam? Franziu o cenho, e explodiu em energia como já fizera deveras vezes em outrora.

    Não pensem que por se jugarem deuses, irei recuar-me. Serei leal à Athena, ao Justo, e horarei a morte de meus companheiros... Até o fim, eu cumprirei com minha palavra!
    Abriu-se novamente a asas, subiu aos céus, como um anjo, reluzente e divino. Pausou no ar, era uma figura bela. Sentia-se como a única estrela à brilhar em meio aquele mar de escuridão. Sua consciência atacou. Traçou o ar, com os punhos, envoltos pela a energia dourada que salpicava como as lavas de um vulcão aceso. Seu coração, estava ardendo em chamas.

    - Eu vos avisei...



    ... Infinity Break!!!

    Nota:
    Off: não sei o que tá acontecendo ('-')wtf?' Pra mim Odisseu está perdido -_- Mas em todo caso, o Aiolos de Sagitário está na casa de Áries
    E o ataque foi direto pra quem sobrou *u*

    PensamentosFalaNarraçãoNão sei '-'
    avatar
    Manigold de Câncer
    Gold Saint
    Gold Saint

    Localização : Quarta casa, Câncer - Santuário de Atena

    Status
    Nome: Hyuga Sexy
    Nick Oficial: Manigold de Câncer
    Nick Secundário:

    Re: [Free Post] Penitência do Arcanjo

    Mensagem por Manigold de Câncer em Seg Nov 11, 2013 1:38 am








    A Face da Morte  

    O Demônio Guardião da Quarta Casa



    A Hora de mostrar seu poder se aproximava, cosmos poderosos se encaminhavam para a casa de Câncer, um destes inclusive pousava em frente a mesma e se prepara para adentrá-la.


    “ ...Finalmente chegou...” Refletia em pensamento enquanto observava aquele ser adentrando aquela que era conhecida por ser a mais sombria dentre as 12 casas, o cosmo daquele invasor era realmente gigantesco, algo jamais sentido pelo cavaleiro de Ouro, realmente daria uma ótima cabeça pra sua coleção, talvez ficaria legal se fosse exposta ao lado de... uma cabeça de mulher ? .. ou quem sabe de uma criança ?

    Aquele ser que adentrava a casa de Câncer(que agora era a ilusão da entrada do Yomotsu Hirasaka)  logo seria surpreendido por almas de humanos se agarrando aos seus pés e implorando por socorro.


    “Socorro, por favor nos ajude !” – diziam tais almas com um tom de desespero em suas vozes.

    Máscara da Morte então se fazia ouvir naquele local, ainda não revelando sua posição fazia uso novamente de sua habilidade mental para fazer sua voz ecoar por toda casa de Câncer:


    - Ora vejam só, parece que tenho visitas.... – Dizia se mantendo oculto

    Enquanto houvesse a ilusão do Yomotsu teria total controle da situação, embora soubesse que para decepar o invasor teria que abrir mão da mesma em breve... não que isso fosse algo ruim...



    - Máscara da Morte  -
    credits @


    _____________________


    It's too bad? Im too good!

    avatar
    ~Cartola
    ADM
    ADM

    Localização : Maracanã

    Status
    Nome: Syn
    Nick Oficial: Youma de Mephistofeles
    Nick Secundário: --

    Re: [Free Post] Penitência do Arcanjo

    Mensagem por ~Cartola em Seg Nov 11, 2013 11:41 am

                 


    Eram três.

    Os cavaleiros de ouro eram os mais formidáveis a serviço de Atena, no entanto, não faziam jus a racionalidade. Lacônico. Regurgitou as palavras que estavam entaladas em sua garganta desde que voltara a esta vida artificial, a esta vida sem sentido – somente o fizera por sua Deusa, claro, mas não era de se admirar que se sentisse ligeiramente mal em ser visto como traidor. Era humano, afinal.

    Aquele ser inoperante havia adentrado em seu raio de visão. As asas douradas erguiam-se soberanas, como se quisessem intimidar... Quem? Bradou. Urrou. Pusera toda a força que dispunha em seu âmago naquele ataque. Em vão. O golpe fora dissipado ao primeiro toque com o corpo inerte do invasor.




    - Acha que fará algo em meu corpo com este movimento pífio? -

    Agiu tal qual uma besta: a dor no coração foi o liame lógico entre a passividade e a agressividade. O porquê da sua presença em terras de Atena engrenhou-se em sua mente, compelindo-o a cumprir a missão que lhe fora devotada. Arraigou-se à esfera reptílica do seu cérebro, voando como o próprio Ícaro contra aquele intrometido, enquanto uma massiva camada de energia cósmica revolvia dentro do seu corpo, como um vulcão em erupção.



    Aquele curtíssimo interstício foi o suficiente para o demônio trazer o Inferno ao Céu. Uma imensa esfera de energia brotou através do seu urro gutural, abocanhando tudo à sua frente. Rochas, pilares, homens... Tudo que ousou se antepor à sua força, tombou. Assim como todo o mármore daquela fortaleza tombaria ante a força do Anjo Celestial.




    - Dentro de algum tempo, Atena e seus lacaios não existirão mais. A Terra pagará por todo e qualquer crime divino realizado desde sua criação. -

    Silêncio. A poeira ainda permanecia alta e, apesar de imaginar o acerto, não havia a total convicção de acerto sobre aquele ser que ousara erguer o punho rijo contra Tohma. Não... Iria pagar com a vida, se preciso!

    O seu olhar, dono de uma paradoxal chama de imutáveis rigidez e incandescência, injetou-se sobre aquele amontoado de poeira e detrito. Estava a espera de algo que confirmasse o que era questão de tempo: A morte do Dourado e de qualquer um que regurgitasse em seu caminho.


    Explicação:
    Não vi mais ninguém atacando, exceto o Aiolos. Não posso facilitar de início, apesar de ser racional quanto aos movimentos de cada um, Tohma se movimenta na velocidade da luz.
    Golpe simples, movimento rápido próximo a Aiolos e disparo de esfera carregada eletricamente. Começo fácil :satanas:


    avatar
    ~Cartola
    ADM
    ADM

    Localização : Maracanã

    Status
    Nome: Syn
    Nick Oficial: Youma de Mephistofeles
    Nick Secundário: --

    Re: [Free Post] Penitência do Arcanjo

    Mensagem por ~Cartola em Seg Nov 11, 2013 5:25 pm

                 


    Qual beleza é maior? A da rosa ou da minha?

    Chamamos ao belo ideia do belo. Este deve ser concebido como ideia e, ao mesmo tempo, como a ideia sob forma particular; quer dizer, como ideal. O belo, já o dissemos, é a ideia; não a ideia abstrata, anterior à sua manifestação, não realizada, mas a ideia concreta ou realizada, inseparável da forma, como esta o é do principio que nela aparece.

    O âmago de seu sentimento aflorou. Era magnífico presenciar tamanha mescla de cores, ainda que distante. A última casa Zodiacal havia sido contemplada com os Jardins de Rosas que tracejavam rumo ao Salão do Grande Mestre, engalfinhando o aroma botânico daquelas pequeninas algozes.




    - Parece que o show chegou até meus aposentos. Está na hora da estrela mor brilhar. -

    O cosmo invasor seguiu inoperante, rompendo a barreira que outrora havia sido resguardada por Atena. Era como... Um Deus?! Os seus diminutos relâmpagos, provenientes da energia estática inclusa no acúmulo de cosmo-energia, bordavam os pedregulhos incessantemente, almejando abandonar aquela quase-esfera de pura disformidade, o que adicionava, contudo, ainda mais poder àquela presença imponente.



    - Seja bem vindo ao local mais belo do Santuário. A quem devo a recepção?

    Já podia ser visto bem próximo de seu esquálido corpo, e foi neste momento que o felino de olhar bestial agiu: impulsionou o corpo monstruosamente para frente, girando no ar e, após tocar o solo com as solas dos pés, pôde contemplar melhor aquela figura errante.

    A penumbra daquele final de tarde já cessava. O pisciano abriu os braços e as rosas escarlates remanescentes se agitaram. Entre os seus dedos, ainda estava a rosa vermelha de outrora, e como um maestro regendo uma orquestra, o Cavaleiro de Ouro fez um floreio gracioso antes de entoar um leve murmuro. Estava pronto para recepcionar o convidado.




    Convidado
    Convidado

    Re: [Free Post] Penitência do Arcanjo

    Mensagem por Convidado em Seg Nov 11, 2013 8:30 pm





    Percebera por fim que era inútil manter a armadura de Gêmeos de sentinela neste momento, os guerreiros inimigos já iniciaram combates distintos em diferentes casas do santuário, talvez fosse improvável a chegada de um deles por ali, ainda mais visto que apenas um dos três identificados estava abaixo de sua casa. A armadura brilhou novamente, demonstrando um intenso clarão de luz que após cessar revelou a armadura de Gêmeos montada em sua forma original no meio do salão da terceira casa do zodíaco. Saga despertara de sua meditação.



    Retirou sua mascara de papa e fitou a enorme porta dupla que levava a escadaria para a casa de Peixes, era lá onde se encontrava um dos inimigos, tão próximo porém tão distante, dificilmente passaria por Afrodite, e se passasse, desejaria não ter adentrado ao salão do Grande Mestre. Por isso se levantou e caminhou em direção aos aposentos daquele local, se despindo totalmente de suas roupas e adentrando a gigantesca banheira de águas claras para se banhar, não estava preocupado com os invasores por hora, relaxaria até uma situação mais bem desenhada acontecesse.





    - Vai ficar parado enquanto seus amigos lutam? – A voz ecoou por sua cabeça de uma forma irritante, como sempre fazia.

    - Isso não é da sua conta. – Fora rígido, tentando expulsar “ele” dali.

    - Você não passa de um covarde, seus companheiros estão arriscando a sua vida e você nem se importa.

    - Eles são peões, é o dever deles.

    - Você é nojento, sabia? Como pode pensar assim?

    - Me diga você, Saga de Gêmeos.



    A voz então desaparecera, este era um conflito recorrente, sua personalidade justa costumava dar as caras em sua cabeça quando estava obviamente fazendo algo extremamente errado, já havia aprendido a se acostumar, mas coisas irritantes sempre serão irritantes, independente de costume.
    Continuou a se banhar, mas agora tinha algo diferente em mente, pensava em um plano de ataque. De fato o “Saga bom” havia lhe afetado. O problema era até que ponto isso havia acontecido.

    avatar
    ADM Áktino de Lymnades
    G. Marine
    G. Marine

    Localização : Deserto da Cidade Perdida

    Re: [Free Post] Penitência do Arcanjo

    Mensagem por ADM Áktino de Lymnades em Ter Nov 12, 2013 12:20 pm




    Dragão

    Os três invasores bradavam ser anjos a fim de aplicar a justiça. Sua tenacidade era imensa e nem mesmo o próprio Aiolos conseguiu conter o avanço dos outros dois, que planaram para além do campo de visão.

    À frente da casa de Áries o combate teve início quando os cosmos gigantescos se chocaram, provocando uma enorme onda de impacto. O escudo do Dragão protegeu meus olhos dos destroços que se espalharam, e uma nuvem ocultava o Cavaleiro de Ouro:




    - Aiolos!

    Eu observei a cena, enquanto o inimigo mantinha-se de pé à minha frente, com a postura de um juiz parcial:



    - Maldito seja. Vem nos julgar por crimes, quando o único crime que cometemos foi lutar para termos um amanhã. Como Cavaleiros que somos, erguemo-nos até o limite apenas para dar um futuro àqueles com quem nos importamos, esse é o nosso sentido de existir. Teus olhos são cegos para o significado da humanidade, e assim como tantos outros olhos divinos, verão o milagre que Athena nos concedeu.

    Concentrando todo meu cosmo outrora elevado, me lanço conduzido pelo punho cujo impacto avassalador faz reverberar todo o sangue do meu corpo e muda o fluxo das águas do destino:


    - CÓLERA DO DRAGÃO



    avatar
    Ijjy
    Aspirant
    Aspirant

    Localização : Santuário

    Re: [Free Post] Penitência do Arcanjo

    Mensagem por Ijjy em Qua Nov 13, 2013 11:44 pm



    A História segue um novo Rumo

    "Do pó veio o homem, e como pó voltará", e foda-se a lógica.
    Como um vendaval, saltou dos destroços aos céus, uma vez mais.
    Bradou o ar de forma aterradora. Dissipou a poeira e destronou as rochas em um único gesto. Porém sua singela imagem havia sido abalada.


    O sétimo sentido, uma benção agraciada à aquele digno, determinado, e acima de tudo, leal ao seu propósito. O sentido que o escapou da total destruição.
    Nos primórdios do colapso, antes que o acumulo viesse a atingi-lo, tentou sem sucesso desvencilhar-se. Porém, para sua surpresa não fora capaz. Fora tomado pelo o poder intenso do ataque enquanto jazia em forças, clamando em santo nome de Athena. Encobrindo-se com suas asas e um manto cósmico, assim sobrevivendo ao inevitável. Ainda que ferido.


    Dizeres belos e encorajadores ecoaram no campo de batalha. Vindos do Cavaleiro de Dragão. Shiryu... Amigo. E quando estava prestes ao fim do ato, eis que o Cavaleiro de Ouro retoma sua pose triunfal. Detrás de si, retirou um arco e o ergueu fitado à figura angelical. Uma flecha dourada emergiu do vazio infinito, tão reluzente quanto a sua própria essência cósmica.
    Não tinha nada à dizer. Preferiu calar-se, pois sabia que suas palavras não ressoaria tão belas quanto as ditas pelo o Cavaleiro de Dragão. Aiolos, apenas, tomou a frente continuando.

    - E saiba, que a verdadeira justiça, está clavada em minha flecha!


    Ordinário, não posso deixar que continue. Preciso detê-lo. Sou um Cavaleiro de Athena, não posso sucumbir perante este demônio mascarado. Jurei lutar pela justiça. Por Athena, queime cosmo... Queime!

    Seu ar soberano e inabalável rodeava seu corpo. O sangue que brotava da ferida banhara o chão. Por um momento, pôde-se ver a sua força envolver ao completo a dita flecha. Seu olhar, se mantinha o mesmo, determinado, justiceiro, penetrante, e em em todo caso, indecifrável. Fazia jus a seu legado.

    E então esperou, e o Dragão atacou.

    Nota:
    Eu não ataquei, somente esperei '-' com a flecha e arco em mãos

    PensamentosFalaNarraçãoNão sei '-'


    Última edição por Hidalgo em Qui Nov 14, 2013 8:18 am, editado 2 vez(es)
    avatar
    Ermac de Wyvern
    Aspirant
    Aspirant

    Localização : RS

    Re: [Free Post] Penitência do Arcanjo

    Mensagem por Ermac de Wyvern em Qui Nov 14, 2013 12:28 am

    Obstante a clareza da presença sentida, alguns passos já culminavam o despertar natural dos olhares mais delicados entre os anfitriões, que se põe a receber graciosamente ao vosso feitio, aquele que deverá exercer uma incumbência pouco invídiada. Soberbo de expressão calculista a encarar apurado o anfitrião em suas vezes douradas da Casa de Peixes, um dos emissores do destino final daqueles seres pronuncia-se sem muita afobação em tom sereno, porém firme com ares profundos e uma impassibilidade ímpar.



    -  Anjo Celeste de Ártemis – Odisseu. O vosso algoz!


    Restando meia dúzia de passos para pisar no jardim de rosas criado pelo cavaleiro daquela casa zodiacal, o anjo lunar se mantém imóvel já dentro da Casa de Peixes a aproximadamente 20 metros a frente do Cavaleiro de Peixes, notando o mesmo segurar uma rosa entre seus dedos, ficando lógica sua ligação com as rosas disseminadas pela casa, e o tipo de poder que o mesmo possui. Não era de hoje célebre entre outros defensores de reinos, as fábulas dos famosos Cavaleiros de Ouro de Atena.  

    Odisseu por mais calmo e confiante pareça ser, só possui em mente um desejo, cumprir logo o objetivo e retornar com missão cumprida a sua deusa junto aos seus irmãos anjos lunares, e assim, perante a bela presença do anfitrião daquela última casa da escadaria do santuário, aumenta consideravelmente seu poder, e não era somente isso, com um único gesto de seus dedos e um sutil porém veloz movimento de punho sem sequer mexer o braço, cria a arremessar  na velocidade da luz milhares micro laminas que sequem como se fossem um fina porém poderosa rajada de vento pelo jardim daquela casa, na intenção de cortá-las e respectivamente destruí-las totalmente, como se estivessem a serem encolhidas por um fatiador de vegetais. E mantendo-se em alerta sem desviar seu olhar de seu oponente, Odisseu se mantém a fitar friamente o Cavaleiro de Ouro a ver qual será a reação do mesmo com o simples gesto do Anjo Celeste.



    _____________________


    Conteúdo patrocinado

    Re: [Free Post] Penitência do Arcanjo

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg Set 25, 2017 7:16 pm