Ficha do Loholt

    Compartilhe
    avatar
    Loholt de Cavalo Marinho
    G. Marine
    G. Marine


    Status
    HP:
    800/800  (800/800)
    Cosmo:
    800/800  (800/800)

    Ficha do Loholt

    Mensagem por Loholt de Cavalo Marinho em Qua Ago 08, 2018 10:13 pm

    Nome: Loholt Pendragon
    Data de Nascimento: Aproximadamente ano 410 da Era Cristã
    Local de Nascimento: Inglaterra (mais especificamente o reino de Lizyanor)
    Local de Treinamento: Camelot

    Armadura Desejada: Escama de Cavalo Marinho
    Reino: Poseidon

    Aspectos Físicos:
    Loholt é um jovem com bom porte físico, cabelos loiros e olhos verdes, relativamente alto, com uma aparência que oscila entre dignificada e casual, parecendo sempre equilibrado e racional quando fala e se porta, podendo ser chamado de "majestático" em cada pequeno ato, sempre demonstrando uma postura, modos, trejeitos e atitudes dignos de um rei. Possui uma cicatriz em seu rosto, que vai do seu zigomático direito ao esquerdo, atravessando a ponte do nariz, efetivamente cruzando seu rosto.

    Aspectos Psicológicos:
    O marina é um jovem nobre, inteligente, compreensivo e entendedor das necessidades do reino. Ele é sempre educado, gentil, racional e aberto a sugestões e diálogos. Em vários sentidos, Loholt tem tudo o que se espera que um rei tenha. A sua nobreza, coragem, cavalheirismo, paciência, inteligência e bondade de modo geral são virtudes grandiosas das quais ele se orgulharia, não fosse a sua humildade. Ele parece sempre achar que "falta" algo para que ele possa ser um rei digno de verdade e possui um certo complexo de culpa em relação à Camelot, pensando "Se eu estivesse lá...". O cavaleiro facilmente admite que esse é o maior "e se ..." de sua vida, cuja culpa é sua por seu desejo de ser selado a fim de aprender a controlar-se. Por mais que não seja vingativo, ele odeia seu tio, Sir Kay, por seu ato abominável de traição...

    História:
    Durante a Era Mitológica, existiram vários cavaleiros maus e traiçoeiros e vários bons e valorosos. Dentre eles, Arthur de Capricórnio, rei de Camelot, era um dos mais proeminentes. Tendo recebido a sagrada espada Excalibur das mãos da deusa Athena, Arthur era considerado um modelo de virtude e cavalheirismo por seus iguais, tornando-se o próximo Grande Mestre do Santuário, assistido por um veterano da Guerra Anterior, Merlin de Altar, anteriormente Merlin de Virgem.

    Porém mesmo como Cavaleiro, Arthur tinha responsabilidades como rei. A responsabilidade de gerar um herdeiro e já corriam rumores que o rei poderia ser infértil. Desesperado, ele foi a Merlin, que lhe disse que ele era fértil e geraria dois filhos, um com a própria irmã, a amazona Morgana de Gêmeos, e outro com uma donzela chamada Lysanor. Arthur estava enojado com o adultério que cometeria e por isso viajou, a fim de clarear a própria cabeça e nessa viagem ele encontrou a donzela Lysanor, rainha do reino de mesmo nome. Ao hospedar-se lá, o cavaleiro ficou mesmerizado com as suas qualidades e ambos deitaram-se. Em nove meses nasceu um bebê, chamado Loholt. De acordo com instruções deixadas por Arthur, Lysanor o enviara ao Santuário, onde o pequeno cresceu rodeado dos Cavaleiros, aprendendo desde cedo a manipular o cosmo. Num acidente de treino com seu pai, porém, Arthur acabou por usar cosmo demais na Excalibur e cortou o rosto do filho. Por mais que tenha sido um grande susto, não deixou mais para o jovem que uma cicatriz em seu rosto.

    Com o tempo, Arthur fora então nomeado Grande Mestre do Santuário e, deixando a sua antiga veste, a dera para seu filho, Loholt, que apesar de jovem e inexperiente, já era um formidável guerreiro digno de herdar a Excalibur e incrivelmente capaz por si só. O futuro parecia brilhante e promissor, porém a nuvem negra do caos desceria sobre a história do jovem cavaleiro.

    Durante uma missão na qual Loholt, agora de Capricórnio, fora acompanhado de seu tio, Kay de Perseu, este usara uma poção misturada à comida do jovem... Uma poção para fazê-lo dormir pacificamente. Kay estava com inveja por não ter sido escolhido. Ele um cavaleiro poderoso, inteligente e cortês, deixado de lado em favor de um fedelho ainda verde? Ele, Kay, um cavaleiro poderoso porém não respeitado e reconhecido, um rival à altura para Gawain de Touro e Lancelot de Câncer! Quem era Loholt perto dele?!

    E foi assim... Merlin, tendo visto o futuro temendo pela vida do jovem, o transportou de volta ao Santuário, onde o guardou no Salão do Grande Mestre, escondido até mesmo de Arthur. Com Loholt oculto, Kay voltou da missão e deu seu relatório com todos os Cavaleiros de Ouro presentes, afirmando que Loholt morrera numa incursõa inimiga (quando o cavaleiro traiçoeiro fora enganado por uma ilusão de Merlin, julgando ter matado o Santo de Capricórnio). Loholt, no entanto se revelou vivo e bem. A ira que possuiu o jovem fora assassina e o cavaleiro investiu contra Kay, destruindo o corpo do tio com brutalidade, lágrimas quentes, frias e copiosas descendo por seu rosto. Quando tentaram impedí-lo, a ira de Loholt se virara contra aqueles que ele mais amava e jurou proteger. Antes que causasse qualquer mal, porém, ele conseguiu parar. Chorando ele implorou a cada um que o selasse num espaço onde ele pudesse refletir. Onde pudesse se tornar melhor do que era atualmente. Onde pudesse controlar a raiva que quase tirou de si o que jurara proteger... E dessa forma que Loholt fora selado numa ânfora, murmurando um último agradecimento.

    Nos tempos atuais, a sua ânfora fora descoberta pelo Imperador dos Mares, Poseidon. Com o selo desfeito e o coração leve, Loholt jurara a si mesmo não mais agir sob influência da raiva. Porém as palavras do Tremedor de Terras sobre "um certo Cavaleiro de Perseu" e como este andava ainda ativo no Santuário como seu Grande Mestre despertaram o desagrado imediato dele. Como ele sobreviveu fugia à sua compreensão. Dessa forma, Loholt não agira por vingança. Não fora o ódio que o impelira a dobrar o joelho e jurar lutar pelo Imperador dos Mares. Foi um desejo claro, limpo e puro como a água da fonte.

    Expurgar o Santuário do mal que ele acreditava habitar em seus rankings.


    _____________________

    Ficha|Criações|????|????



    Narração:
    Falas
    Narração
    Pensamentos
    Falas (NPC's/Outros personagens)
    avatar
    ADM Syn de Mephistofeles
    ADM
    ADM

    Localização : Maracanã

    Status
    HP:
    800/800  (800/800)
    Cosmo:
    800/800  (800/800)

    Re: Ficha do Loholt

    Mensagem por ADM Syn de Mephistofeles em Qui Ago 09, 2018 10:25 am

    Aprovada, Nebirosca!

      Data/hora atual: Sab Out 20, 2018 12:19 am